Novidade! Conheça nossa Plataforma de Cursos Online Acessar

Como a nuvem pode capacitar agências de saúde pública e gerenciamento de emergências

O Poder da Nuvem na saúde pública

Quando ocorre uma crise ou há um desastre natural iminente, o acesso a dados em tempo real é fundamental para salvar vidas, mitigar danos e gerenciar esses eventos com eficácia. É neste momento que a tecnologia entra, principalmente por meio da adoção da nuvem (Cloud computing)

Na saúde, não seria diferente. No setor, a nuvem é usada para dimensionar e inovar rapidamente, possibilitando assim o gerenciamento de emergência. Desta forma, as agências de saúde pública contam com as ferramentas que precisam para realizar seus trabalhos com eficácia quando o público mais depende deles.

O Poder da Nuvem na saúde pública

Pandemia e os desafios da saúde

O maior desafio que a saúde enfrenta é a previsão de demanda. Isto também é visto atualmente na crise com a falta de leitos para internação de pacientes diagnosticados com COVID-19 no Brasil. A falta de previsibilidade foi um dos principais fatores do chamado colapso na saúde, pois mesmo diante do cenário incerto, não houve preparo definitivo, nem de instalações físicas e nem de mão-de-obra para conter a crise. 

Porém, apesar de uma situação adversa, é preciso considerar que no mundo inteiro os sistemas de saúde podem e devem usar a experiência prévia de atendimento à múltiplas doenças para montar suas estruturas. 

E se essas informações estiverem organizadas, a tomada de decisão é mais certeira e ágil, o que pode salvar vidas.

O Poder da Nuvem na saúde pública

Como a nuvem pode salvar vidas?

Um provedor de nuvem oferece segurança, escalabilidade, foco no cliente e uma série de tecnologias. A líder de mercado, Amazon Web Series (AWS) sai na frente, pois atende todos os requisitos, além de ter o know how desta tecnologia há mais tempo que qualquer concorrente. 

Com a nuvem, é possível sair de todos os data centers físicos e hospedar toda a carga de trabalho online. Como benefício, há uma melhor resposta à demanda.

Por exemplo, com as vacinas contra a COVID-19 disponíveis, as agências de saúde podem usar os recursos de gerenciamento de vacinação por monitoramento para agendar dezenas de milhares de consultas de vacinação. Aproveitando a nuvem da AWS, é possível expandir para atender à demanda com base no consumo, neste caso de imunizantes, salvando vidas.

O Poder da Nuvem na saúde pública

A nuvem na saúde pública em tempos de crise

Nos Estados Unidos, o Departamento de Saúde Pública de Illinois se apoia na nuvem AWS para lidar com emergências. O departamento usa o monitoramento para o gerenciamento de distribuição da vacina contra a COVID-19.

A plataforma é usada para administração de back-end em seus esforços para recrutar, registrar e credenciar milhares de voluntários durante incidentes de saúde pública, incluindo a pandemia de COVID-19.  Também é necessária para se comunicar melhor com os quase 13 milhões de residentes do estado e recrutar voluntários de saúde. 

Por meio desta tecnologia, o departamento começou a emitir alertas de emergência sem fio em todo o estado para dispositivos móveis. Apoiado na nuvem AWS, esse esforço reconstruiu o fluxo de trabalho de registro de front-end para o site Illinois HELPS, o destino online para o sistema de gerenciamento de voluntários do estado.

Quando a Agência de Gerenciamento de Emergências de Illinois emitiu uma série de alertas de emergência sem fio no final de março, o site foi inundado com tráfego. Illinois HELPS recebeu mais de 120 milhões de solicitações, em apenas 2 dias, incluindo um pico de 50 milhões de solicitações em menos de cinco minutos. 

A iniciativa resultou em 30.000 novos registros de voluntários, permitindo ao estado ter acesso a profissionais de saúde qualificados para combater a pandemia e potencialmente salvar milhares de vidas.

Benefícios da computação em nuvem na saúde

A nuvem pode ser muito vantajosa para o gerenciamento da saúde como um todo, inclusive para capacitar para o atendimento de emergências e catástrofes. De maneira geral, essa tecnologia facilita a rotina e aumenta a previsibilidade, possibilitando a tomada de decisões cada vez mais assertivas. 

Mas, além disso, há inúmeros outros benefícios do armazenamento em nuvem, inclusive relacionados a questões administrativas. Confira:

O Poder da Nuvem na saúde pública

• Aumenta eficiência, facilitando processos burocráticos, deixando o tempo livre para atendimento
• Informações importantes acessíveis e organizadas, com prontuários disponíveis de forma rápida e segura
• Segurança das informações, seguindo os preceitos do Conselho Federal de Medicina (CFM), com alto nível de proteção de dados
• Integração de dados, trazendo a qualquer profissional que retome o atendimento ao paciente, tendo informações sobre histórico, medicamentos, etc
• Otimização da consulta
• Redução de custo operacional, com cada vez menos investimento em equipamentos físicos para resultados ainda mais eficientes
• Alta capacidade de armazenamento, incluindo arquivos de imagem, como exames mais complexos, todos eles acessíveis no prontuário eletrônico.

Invista na nuvem!

Os sistemas de Imagens Médicas e de PACS (Picture Archiving and Communication System – Sistema de Comunicação e Arquivamento de Imagens) trouxeram um ganho significativo para os diagnósticos, principalmente por conta do aumento na resolução das imagens. 
Porém, esse aumento faz crescer o tamanho dos arquivos, que precisam estar em um ambiente de alta disponibilidade, gerando acessibilidade.

Com o armazenamento da AWS, isso é possível. Há diferentes opções para cada necessidade, com vantagens inegáveis.

Garanta a tecnologia para sua clínica e esteja preparado para o futuro. Conte com a dataRain para isso!

Este conteúdo não reflete o posicionamento da ABCIS e é de total responsabilidade do autor.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *